Contate-nos: realestate@poli.usp.br +55 (11) 3091-5247

Destaques

Núcleo de Real Estate da Escola Politécnica da USP desenvolve método de classificação da qualidade de Galpões Logísticos

Com a iniciativa, o Núcleo de Real Estate levará informações qualificadas e padronizadas ao mercado, definidas de acordo com parâmetros que viabilizam realizar comparações no processo de seleção entre opções de galpões logísticos. Trata-se de referências e critérios que permitirão aos principais atores do mercado, investidores, proprietários e locatários identificarem com mais precisão – nas classificações AAA, A, B e C – o estrato de qualidade que procuram, de acordo com as suas necessidades, seja de ocupação, posicionamento no mercado ou construção de uma imagem corporativa. A certificação destaca os itens mais importantes para os usuários típicos deste tipo de empreendimento, munindo o tomador de decisão com repertório estratégico, assim se tem a informação se o galpão que está estudando comprar e/ou locar oferece atributos que atendam suas demandas e se agregam valor à sua operação logística. O sistema permite também discutir a adequação dos preços praticados no mercado, conforme a qualidade percebida pelo usuário.

Em especial nos momentos de recessão econômica, é crucial saber escolher de acordo com as necessidades específicas dos usuários típicos e os atributos mais importantes a serem avaliados no condomínio logístico. Desse modo, a proposição do sistema é justamente organizar essa estratificação para que o mercado possa ler a qualidade daquele produto que vai ser objeto de compra, seja para investimento ou uso, e, ainda, fazer uma discussão de preço e valor adequada.

O Sistema preconiza os seguintes grupos de atributos que definem a classificação de galpões:

  • Sistema elétrico do galpão (10 atributos são avaliados);
  • Eficiência do Projeto (39 atributos são avaliados);
  • Sistema de Iluminação (8 atributos são avaliados);
  • Sistema de Hidráulica (15 atributos são avaliados);
  • Sistema de Detecção e Combate a Incêndio interno e externo (13 atributos são avaliados);
  • Sistema de Telecomunicações e Informática (8 atributos são avaliados);
  • Áreas de apoio (22 atributos são avaliados);
  • Sistema elétrico do Condomínio (13 atributos são avaliados);
  • Circulação, Manobras e Estacionamento (18 atributos são avaliados);
  • Segurança Patrimonial (13 atributos são avaliados);
  • Localização (10 atributos são avaliados).

Conforme esteja o estado de cada um dos atributos em cada grupo que compõe o sistema, o empreendimento alcança uma nota que o enquadra numa classe específica, AAA, A, B ou C, respectivamente, e com repercussões nos valores de locação ou venda dos espaços, que dão suporte às operações de armazenagem e correlatas de logística de usuários.

Veja detalhes aqui